Luz no Entardecer

Das 20:00:00 às 21:00:00
Com: Igreja Tabernáculo da Fé

Dois Córregos começa a vacinar público maior de 18 anos

Apesar dos alvos serem os públicos de 18,19,20 e 21 anos, quem tem mais idade e ainda não se vacinou pode comparecer.

Depois de muita espera do público mais jovem pela vacina contra a Covid-19, finalmente chegou a vez de quem tem 18 anos ou mais se imunizar no Município de Dois Córregos. Viva!

Nesta quarta-feira (11), iniciou a vacinação para essas faixas etárias, que se estendeu nesta quinta (12) e continua nesta sexta (13). No total, foram mais de 1000 doses recebidas de vacinas, o que representa 60% do público alvo. O Distrito de Guarapuã também recebeu algumas doses.

O horário da imunização nesses três dias é das 13h às 19h30. No primeiro dia foram distribuídas 360 senhas, e na quinta e sexta-feira um total de 460. Quem não conseguiu se vacinar nesse período, na semana que vem chegará mais lotes dos imunizantes para a continuação da vacinação. A meta é imunizar o máximo de pessoas possível.

Para adiantar o processo, é aconselhado que as pessoas que foram tomar a primeira dose realizem o pré-cadastro no site do Vacina Já, pois todo o processo da imunização fica mais rápido. Aqueles que possuem as segundas doses agendadas, devem comparecer na data exata para receber a vacina. É essencial levar o CPF e o documento com foto no dia da imunização, e quem tem segunda dose agendada deve também levar a Carteira de Vacinação.

Apesar dos alvos serem os públicos de 18,19,20 e 21 anos, quem tem mais idade e ainda não se vacinou, por falta de tempo ou até de coragem, pode também comparecer ao Centro de Convivência do Idoso e se imunizar.

A Enfermeira Chefe, Gilmara Mangili, informou a importância além de tomar a primeira dose, mas voltar para se vacinar com a segunda, porque a imunidade será mais alta. Isso não significa que a pessoa não pode contrair o vírus, até pode, mas a vacina veio para diminuir o número de casos graves e internações. Além disso, é essencial continuar com as medidas protetivas, como o uso de máscaras, manter o distanciamento social e a higienização das mãos.